I'll be dancing all day see the sun outside..


"Mas eu gosto de você e não costumo gostar de ninguém."
John Green.    (via atrai-dores)

(Source: retratou, via poetas-esquecidas)

— 4 days ago with 77225 notes
"O tempo parecia pouco,
e a gente se parecia muito."
Paulo Leminski. (via agonizador)

(Source: s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r, via casinhadoce)

— 1 week ago with 17267 notes
"É preciso não esquecer nada: nem a torneira aberta nem o fogo aceso, nem o sorriso para os infelizes, nem a oração de cada instante. É preciso não esquecer de ver a nova borboleta nem o céu de sempre. O que é preciso é esquecer o nosso rosto, o nosso nome, o som da nossa voz, o ritmo do nosso pulso. O que é preciso esquecer é o dia carregado de atos, a ideia de recompensa e de glória. O que é preciso é ser como se já não fôssemos, vigiados pelos próprios olhos severos conosco, pois o resto não nos pertence."
Cecília Meireles.   (via amorbastante)

(Source: poesia-de-cecilia, via amorbastante)

— 2 months ago with 1686 notes
"De qualquer forma, não esqueça das seguintes verdades: não faça nada que não te deixe em paz consigo mesma; cuidado com o que anda desabafando; conte até três (tá certo, se precisar, conte mais); antes só do que muito acompanhado; esperar não significa inércia, muito menos desinteresse; renunciar não quer dizer que não ame; abrir mão não quer dizer que não queira. O tempo ensina, mas não cura."
Martha Medeiros.    (via h-is)

(Source: versossoltos, via diadedesabafo)

— 2 months ago with 5193 notes
"É exatamente disso que a vida é feita, de momentos. Momentos que temos que passar, sendo bons ou ruins, para o nosso próprio aprendizado. Nunca esquecendo do mais importante: Nada nessa vida é por acaso. Absolutamente nada. Por isso, temos que nos preocupar em fazer a nossa parte, da melhor forma possível. A vida nem sempre segue a nossa vontade, mas ela é perfeita naquilo que tem que ser."
Chico Xavier.    (via h-is)

(Source: enfimsaudades, via diadedesabafo)

— 2 months ago with 40264 notes
"Mas, se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei um barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros passos me fazem entrar debaixo da terra. Os teus me chamarão para fora da toca, como se fossem música. E depois, olha! Vês, lá longe, os campos de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim não vale nada. Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste! Mas tu tens cabelos dourados. Então será maravilhoso quando me tiveres cativado. O trigo, que é dourado, fará com que eu me lembre de ti. E eu amarei o barulho do vento no trigo…"
O Pequeno Príncipe.   (via desarvorado)

(Source: mafagafios, via diadedesabafo)

— 2 months ago with 10051 notes
"Mal sabem eles que eu sou feliz aqui no meu canto, perto de mim, e longe de certos “encantos”."
poetadoalem  (via poetadoalem)

(via poetadoalem)

— 2 months ago with 728 notes